O Encontro com Fátima Bernardes da última quinta-feira, 13, deu o que falar!

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

look “mamãe eu não passei pano pra ngm hoje”. Entendedores entenderão 😂🤙🏻 (ow @ingridb.lima na moral cê é foda ein, melhor stylist da vida)

Uma publicação compartilhada por Kéfera Buchmann (@kefera) em

A atriz e youtuber, Kéfera Buchmann, convidada do programa, rebateu o rapaz da plateia que “tentou” dar seu ponto de vista sobre o tema em questão: a quarta onda do feminisno.

Atrapalhado e despreparado para debater sobre o assunto, Wallace  falou que o feminismo é “muito bonito no papel mas na prática era diferente” e deu exemplos:

“Na teoria, elas falam: ‘nossa, temos que respeitar, tem que ser isso, tem que ser aquilo’, mas na prática começam as agressões. Isso, por exemplo, foi numa rede social: um cara falou assim, ‘Sou trabalhador, carrego um monte de cimento, sou muito mais forte que as mulheres”.

E ainda acrescentou:

“Elas deveriam me valorizar’. Parece que ele mexeu com uma colmeia, veio um bando de mulheres para falar: ‘Você mexeu com uma, mexeu com todas, quero ver se você é macho, o suficiente’. Ele automaticamente excluiu a rede social. Isso é uma opinião dele”

Fátima também questionou a opinião do rapaz sobre os direitos entre homens e mulheres:

“Não, não são iguais. Quando elas falam, assim, em assédio, reivindicando os direitos, acho isso tudo bem”

Kéfera, um pouco irritada, pede para que o rapaz “explique mais” e ele continua:

“Salários diferentes para a mesma função, não concordo. Elas brigando por isso, tudo bem”

Após relatar uma situação em que, segundo ele, o feminismo passou dos limites, Kéfera se posiciona:

“Wallace, o que você está fazendo é mansplaining, que é o homem explicar o feminismo para a mulher. Não é necessário, a gente sabe muito bem o que é feminismo, e a gente entende o seu ponto de vista, só que é desnecessário”.

Wallace até tentou interrompê-l,  mas ela seguiu rebatendo lindamente:

“Agora você está manterrupting, que é quando você tenta interromper uma mulher explicando feminismo pra vocês. Wallace, entenda. Não é o seu lugar de fala. Você pode ouvir, complementar e nos respeitar, você não tem que ensinar para a gente”.


(Reprodução/Globo)

Para tentar amenizar o “climão” no programa, a apresentadora falou sobre a importância de haver discussões sobre o assunto polêmico:

“É importante ele falar porque muitas pessoas pensam assim. Que o feminismo é viável apenas no papel, e que no dia a dia ele não seria viável”

O insistente Wallace, tenta interromper novamente, mas desta vez foi Fátima que pediu “só um minutinho” ao rapaz.

“Quando a gente fala em feminismo e igualdade de direitos é, em vários aspectos, nas oportunidades, na questão do salário, na questão do respeito às nossas posições”, declarou.

Nas redes sociais, a youtuber explicou sua discussão com o jovem e repetiu:

“Homem ensinar feminismo não é lugar de fala.”

 

View this post on Instagram

 

Eis que Heloísa Buarque de Hollanda pós Encontro com Fátima Bernardes me olha e diz “vamos oficializar que agora você é minha neta?” E eu topei. Agora eu tenho uma vó feminista💪🏻 e aos que acharam que o que eu respondi ao moço da platéia foi grosseria, não foi. Foi posicionamento perante MAIS UMA VEZ homem querendo explicar feminismo pra nós mulheres. E faz séculos que são os homens que vem nos “ensinando” sobre tudo e a gente já abaixou a cabeça por muito tempo. Engolimos todo o machismo e o patriarcado. Não mais. Homem ensinar feminismo não é lugar de fala , acho que tá na hora de ouvir a gente um pouquinho pra poder somar ao invés de argumentar e querer ir contra. 😉

A post shared by Kéfera Buchmann (@kefera) on


Ela nos representou muito bem, né? #GIRLPOWER! 

Clique aqui para curtir nossa página no Facebook!